"Aos leitores, gratidão, essa palavra-tudo."
Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 5 de julho de 2011

Quem és?




Quem és?

Tu que me assustas

Com teu amor

que eu nem suspeitava;



Quem és,

que me assombras com delicadezas

com as quais apenas sonhei?

delicadezas que desejei pela vida inteira...

porque, agora te desprezo?


Chegaram tão inesperadamente

vindas de quem eu não desejava

que não sei de as devoro esfomeada

ou se me retiro para o nada

de onde tantas vezes desejei fugir.

(Cybelle Ortins)








Nenhum comentário:

Postar um comentário